Insa – Instituto Nacional do Semiárido

Pesquisas e Projetos

Núcleo de Tecnologia e Desenvolvimento Social (NTDS)

Ação 05 - Incubação de Escolas do Campo sob os princípios da Educação Contextualizada em áreas de desertificação do Semiárido

Coordenador(a): Daniel Duarte Pereira
Fone: (83) 3315-6451
Contato: danielduartepereira@hotmail.com

O Núcleo de Desenvolvimento e Tecnologias Sociais (NDTS) surgiu em função do debate da Educação Contextualizada na convivência com o Semiárido brasileiro. A partir do I Seminário Nacional de Educação Contextualizada, realizado em 2010, em Campina Grande, através da parceria Insa/RESAB, diagnosticamos que a educação formal desenvolvida no Semiárido brasileiro induz a equívocos de visões sobre o processo sócio-histórico e ambiental da região. Em função desta constatação, o Insa percebeu a necessidade de criar um Núcleo interno capaz de provocar na sociedade do Semiárido brasileiro processos de formação e capacitação em habilidades que desenvolvam o uso de tecnologias inovadoras de origem acadêmica, científica ou popular para o uso e socialização no Semiárido. Nessa perspectiva, percebeu-se a necessidade de a educação formal ser provocada e até mesmo alterada, na dimensão de uma educação em consonância com as limitações, possibilidades e potencialidades dos ecossistemas, biomas e, por fim, de toda diversidade do Semiárido brasileiro. Assim, iniciamos o processo de incubação com instituições parceiras (Prefeituras Municipais, Cooperativas de produtores, Parque Tecnológico, etc) de Escolas do Campo na perspectiva da educação do campo e da educação contextualizada. O processo foi iniciado nos municípios de Caturité e Congo, no estado da Paraíba. Em seguida, participamos de reuniões com representantes da Secretaria de Educação do Campo do Ministério da Educação, onde se estrutura o Programa Nacional de Educação do Campo (PRONACAMPO) na perspectiva de elaboração de um projeto de incubação de escolas do campo em municípios polos de áreas em alto estágio de desertificação. O Projeto está em fase de elaboração e pretende articular os diversos entes municipais, o governo federal, através do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e partícipe do PRONACAMPO, além do MEC para viabilizar escolas do campo em áreas em avançado processo de desertificação com componentes curriculares contextualizado com o Semiárido, no sentido do desenvolvimento e domínio do uso de tecnologias sociais aptas à recuperação de áreas em processo de desertificação e ao desenvolvimento sustentável do Semiárido brasileiro.

Listagem de Pesquisa